Close

Mercado para Vender e Comprar Empresas – Parte 2

Existem diferentes mercados para encontrar potenciais compradores e vendedores, dependendo do ciclo de vida e do porte da empresa.

 

Empresas em Crescimento

Quando a empresa já está em pleno desenvolvimento, com continuado crescimento de receitas de venda e lucro e, principalmente, tem potencial para dar um salto qualitativo e quantitativo no seu desempenho a curto e médio prazos, necessita captar recursos para realizar investimentos de capital de giro e de ativos imobilizados. As alternativas neste caso são obter financiamentos e empréstimos e /ou contar com novos e crescentes aportes de capital dos atuais sócios.

 

Existe um mercado para este tipo de transação, que é o formado pelas empresas de consultoria de fusões e aquisições e os próprios gestores de fundos de investimento em participações, chamados regularmente de fundos de private equity. As empresas de consultoria (também denominadas advisors, ou consultorias em M&A, ou merger and aquisition) contam com especialistas em todas as etapas dos processos de compra e venda de empresas.

 

Quando a consultoria em M&A é procurada por sócios de uma empresa com objetivo de atrair novos sócios, vendendo parte ou totalidade das ações, inicia um trabalho que contempla estas fases: (1) elaboração de um plano de negócios, incluindo até mesmo recomendações que agreguem valor à empresa, (2) cálculo do valor da empresa e das ações (valuation), (3) preparação do resumo do plano de negócios, conhecido simplesmente “teaser”, (4) procura de empresas potencialmente interessadas na aquisição (investiodres estratégicos) e de gestores de fundos de private equity, no mercado local e até internacional, (5) assessoria nas negociações e fechamento do negócio, (6) elaboração dos documentos e contratos.

 

Portanto, existem basicamente dois tipos de investidores interessados em ter participação acionária, parcial ou total, em empresas na etapa “crescimento” de seu ciclo de expansão: (1) investidores estratégicos, (2) investidores financeiros. Os investidores estratégicos são aquelas empresas que atuam no mesmo setor da empresa interessada em captar novos sócios, podendo mesmo serem seus concorrentes, que veem no investimento uma oportunidade de expandirem suas receitas.

 

Os investidores financeiros são todos os agentes e instituições interessados em comprar participação na empresa, mas que não têm atuação no seu mercado e que se caracterizam por dois formatos distintos: (1) empresas de participação e (2) fundos de Private Equity.

 

Os fundos de private equity, que no caso que estamos abordando neste tópico referente a empresas no ciclo de “crescimento”, são denominados de fundos de venture capital; em todos os aspectos são de fato fundos de private equity, mas no mercado financeiro associou-se a empresas de menor porte a atuação dos fundos de venture capital, com aportes de recursos entre R$ 40 milhões e R$ 100 milhões, enquanto os fundos de private equity, propriamente, aportam recursos na faixa de R$ 100 milhões a R$ 300 milhões, ou até mais.

 

Empresas na Maturidade

Se a empresa está na etapa de “crescimento”, mas com resultados sólidos, ou já está entrando na fase de maturidade, mas ainda com grande potencial de crescimento, as alternativas para captação de recursos, que não seja via empréstimos, é a busca, com o auxílio de consultores, de um ou mais sócios ou a abertura de capital para negociação na bolsa de valores. A empresa para poder abrir capital neste caso deve seguir um longo caminho que envolve providências legais, financeiras e gerenciais.

 

Somente empresas do tipo sociedades anônimas (S. A.) podem abrir capital em bolsa. Também, neste caso a melhor opção é contratar especialistas, normalmente, bancos de investimentos, que prestarão toda a assessoria necessária. Os fundos de Private Equity têm como seu objetivo principal comprar participações acionárias em empresas que têm potencial para vender ações em bolsa de valores. Estes processos de abertura de capital são denominados na sigla em inglês de IPO (initial public offering) ou oferta pública inicial de ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *