Close

A Criação de Valor na Empresa

O objetivo fundamental da empresa é a geração de valor para seus acionistas. Na prática isso significa que o retorno do investimento alcançado pela empresa deva ser pelo menos igual ao custo do capital da empresa.

 

Um exemplo ajudará a entender o conceito.  Imagine que Luiz é um empreendedor que planeja entrar no setor de confecções.  Luiz estuda o mercado, investimentos, etc e conclui que o investimento total (fixo e capital de giro) será de R$ 1 milhão.  Luiz tem recursos aplicados na caderneta de poupança que lhe permitiria investir R$ 500 mil na empresa, para completar a diferença, então resolve pleitear um financiamento bancário de R$ 500 mil.

 

Suponha que Luiz queira uma rentabilidade de 20% ao ano para a sua aplicação de recursos próprios (R$ 500 mil) na empresa, por achar que essa é uma taxa compatível com o risco relativamente alto no setor de confecções. Em síntese, os três tipos de rendimentos que estão no foco de Luiz:

  • Caderneta de poupança: 8% ao ano
  • Prêmio pelo risco do investimento na empresa: 12% ao ano
  • Total desejado de retorno do investimento na empresa: 20% ao ano = 8% + 12%

 

Considere que o banco aprove o financiamento de R$ 500 mil – que faltam a Luiz para completar o investimento total – com taxa de juros de 16 % ao ano. Assim, o custo médio ponderado de capital da empresa é de 18% ao ano. Em resumo temos este custo de capital para a empresa:

  • Contratado ao banco: 16% ao ano; referente a R$ 500 mil.
  • Esperado de ser obtido por Luiz: 20% ao ano; também para R$ 500 mil.
  • Média: 18% = ((16% x R$ 500 mil + 20% x R$ 500 mil) / (R$ 500 mil + R$ 500 mil))

 

Agora imagine que a empresa foi aberta no início de 2017 e obteve no ano este desempenho:

  • Receitas líquidas de vendas: R$ 800 mil
  • Pagamentos operacionais e investimentos: R$ 600 mil.
  • Fluxo de caixa anuais: R$ 200 mil = R$ 800 mil – R$ 600 mil.
  • Rentabilidade obtida pela empresa: 20% ao ano = R$ 200 mil / R$ 1 milhão.

 

Assim, tudo se passa como a empresa tendo captado recursos de R$ 1 milhão (com Luiz e o banco) ao custo médio ponderado de capital de 18% ao ano e gerado retorno de 20% ao ano, agregando 2% de retorno para Luiz além do retorno que ele considerava adequado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *